Dia Inteiro

Lisboa

8 horas/desde 65€

Os nossos tours são... 


... são sempre passeios privados.  

Desde o primeiro minuto que vai sentir que só precisa mesmo descontrair e aproveitar! Seja em família; num grupo de amigos ou por si.


Como guias, conhecemos bem o nosso país e teremos todo o gosto em que possa construir as melhores memórias dos momentos passados connosco, ao longo do dia. Por isso, adaptamos o passeio aos seus interesses e ao seu ritmo.  


Sabemos dos caminhos e dos lugares; da História e das boas estórias para contar. Sabemos das gentes e das tradições; dos hábitos e da cultura de ser "Bem Português". Os melhores lugares para tirar uma boa fotografia; onde comer um prato tradicional português ou rápido snack, se preferir. 


A escolha é sempre sua! Com segurança e sempre em boa companhia. 


Locais a visitar

De Alfama ao Cais das Colunas 

 

Começamos o nosso dia com um pequeno passeio pedestre que nos leva de uma das colinas mais bonitas da cidade e mais antigas à beira do Rio Tejo.


Alfama foi bairro que conheceu Mouros e Cristãos, em batalhas de Reconquista Cristã mas também foi o lugar que viu nascer Santo António e a alma portuguesa cantada - o Fado. 


As ruas estreitas, encantam-nos; as escadinhas e os pátios que se gostam de explorar; os estendais e as vizinhas às janelas. 


Paramos no bonito miradouro Portas do Sol que nos convida a perder a vista entre as colinas e as águas cristalinas do Tejo. 



Igreja de Santo António. Sé Catedral 



Fernado Bulhões: um Homem de Fé e eloquente no discurso nasceu entre 1191 and 1195. Estimado pelos portugueses e conhecido, em todo o mundo cristão, como Santo António. 


Nasce nestas ruas de Lisboa. Mais exactamente onde se localiza a Igreja de Santo António. Poupada pelo terramoto de 1755, a Cripta - lugar onde terá nascido - é visitável e mantém relíquia, reconhecida por Bula. 


Próximo da Igreja de Santo António, a Sé Catedral. 


Terá sido construída, no século 12, sobre ruínas de um templo romano que aqui se encontrava. Hoje, é um exemplo perfeito da Arte Gótica e Barroca, tendo em conta os trabalhos feitos nos século 17 e 18.  Imponente, no coração de um dos bairros mais antigos de Lisboa, a Sé guarda as relíquias de São Vicente e terá sido o local escolhido para o Baptismo de Santo António. 


Baixa Pombalina 


Continuando o nosso percurso pela encosta ao rio a paisagem pode ser considerada cinematográfica e a luz da cidade vai encantá-lo. O charme desta cidade completa-se com a passagem dos elétricos amarelos, que ligam a colina do sopé ao cume. 



Depois do terramoto de 1755 a cidade medieval ficou em ruínas. Reconstruída pela ação do Marquês de Pombal, a baixa da cidade modernizou-se com avenidas largas e formato geométrico. A calçada portuguesa ladeia as ruas.  


Chegados à Praça do Comércio, com vista imediata para o rio Tejo, percebemos, olhando em redor que os edifícios, as esplanadas e as lojas de charme conferem a esta parte da cidade um lugar de primazia para quem a visita. Simplesmente, incontornável.  


O triunfal Arco da Rua Augusta e o miradouro, no seu alto, são uma sugestão que lhe deixamos. Assim como, uma passagem pelo Cais das Colunas que já fez perder de vista, barcos que atravessaram oceanos, no passado quinhentistas e seiscentista, e viu chegar outras tantas pessoas de renome internacional, como a Rainha De Inglaterra, Isabel II, no século 20. 


Mosteiro dos Jerónimos 

 

Percorrendo, de carro,  a linha de rio até Belém, antecipamos o Padrão dos Descobrimentos, o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém, numa moderna cidade cheia de vida e cor.


Classificado pela UNESCO, em 1983, o Mosteiro dos Jerónimos, mandado construir por Dom Manuel I, no século 16, é fundamental para apreciarmos o estilo Manuelino – exclusivo de Portugal.


Deslumbra, a fusão do gótico com os elementos náuticos; a fauna e flora transportam-nos para a Era dos Descobrimentos e para a riqueza cultural, desse período histórico, que torna este estilo arquitetónico único, no mundo.


Não faltará a Torre de Belém, uma estrutura de proteção e defesa, no rio que banha a cidade de Lisboa – o Rio Tejo. 


Fortificação classificada pela UNESCO, em 1983, como Património Mundial. 

Esta estrutura defensiva, no estuário do rio, surpreende-nos com a sua decoração: motivos manuelinos, como as cordas, a esfera armilar, a cruz da Ordem de Cristo e vários elementos naturalistas.


Depois de uma pausa para saborear a doçaria conventual portuguesa – o famoso Pastel de Belém. Receita secreta que tem deliciado portugueses e visitantes desde 1837. 


Padrão dos Descobrimentos


Na margem direita do rio, o Padrão dos Descobrimentos. Mandado construir para a Exposição Mundial de 1940.


Um monumento, em forma de proa de Caravela portuguesa, que nos dá a conhecer muitas das figuras - cartógrafos, cronistas e artistas; guerreiros e navegadores; colonizadores e evangelizadores, - que contribuíram para que o período das Navegações Portuguesas fosse marcante e um ponto de viragem para o Mundo. 


No chão, uma gigante Rosa-dos-Ventos e um mapa: ambos executados em cantaria de calcário liós. Sobressaem as cores negra e rosa que lhe conferem beleza e as rotas estabelecidas pelos portugueses, através dos mares e oceanos, mundo afora. 







Preços por pessoa

2 PESSOAS - 110€  | 3 PESSOAS - 85€ | 4 a 8 PESSOAS - 65€

Crianças até aos 12 anos - 50%

Informações complementares:


  • Início do passeio às 9h 30m
  • Mínimo de 2 pessoas para realizar o passeio
  • A duração do passeio com as visitas guiadas é de 8 horas


Inclui


  • Transporte de passageiros e bagagem em SUV ou Van, com AC
  • 1 dia de passeio privado, com serviço de guia, em Português, Inglês ou Espanhol
  • Garrafa de água diária /33 cl /pessoa
  • Seguro de viagem
  • Início e final a partir de Lisboa, Fátima, Batalha, Alcobaça, Nazaré, Óbidos.
  • Início e final a partir de Tomar ou Leiria, acresce 40€ (por grupo) aos preços apresentados por pessoa.
  • Usufrua deste tour com a possibilidade de fazer o seu transfer, com bagagem, para Lisboa, sem qualquer custo associado.


Não Inclui


  • Alojamento e refeições
  • Entradas em Monumentos Nacionais ou de outra natureza
  • Despesas pessoais
  • Tudo aquilo que não está descrito na secção de Incluído